segunda-feira, 2 de julho de 2007

Solidão

A solidão deveria ser só o início e o fim...
Por que neste pequeno intervalo, muitos vivem tão sós? Solidão à dois, solidão em meio à multidão... nas grandes cidades, nos lares.
O que nos falta para vivermos em harmonia com aqueles que estão à nossa volta?
É paradoxal, quanto mais procuramos companhia, menos encontramos, mais nossa vida se torna vazia...
Tem muito a ver com a nossa relação conosco, ou seja, é preciso, antes de procurar alguém, se achar primeiro... estar bem consigo, se gostar bastante, aí então achar seu par fica mais fácil.

7 comentários:

Lizzie disse...

A pior solidão é aquela que nos permite ficar sós mesmo entre outras pessoas. Certa vez, eu disse a um amigo que amor é como 'a união de duas solidões remotas'. Hoje sei bem como essa frase repercurtiu!Rs
Beijão
Felicidade, sempre!

pensamentosocultos disse...

Solidão(..) Temos de Aprender a gostar de nós próprios primeiro e só depois poderemos amar alguém !

Abraço«

Márcia(clarinha) disse...

A solidão é culpa da correria do nosso dia, da busca incessante dos sonhos, da briga pela sobrevivência, daí nos tornamos sós mesmo ao lado de quem amamos, ficamos voltados para nosso eu...
lindo dia,
beijos

cilene disse...

se nao se achar...nao vai ser feliz nunca nem que tenha mil pessoas que amem vc

Anônimo disse...

A solidão às é necessária! Como diz a frase:
"Para se relacionar plenamente com o outro, vc precisa primeiro relacionar-se consigo mesmo. Se não conseguirmos abraçar nossa própria solidão, simplesmente usaremos o outro como um escudo contra o isolamento. Somente quando viver como a águia, sem absolutamente qualquer público, vc consegue se voltar para a pessoa com amor"
Uma ótima quarta pra vc!
Bjosss!!!

http://aislinnahimana.weblogger.com.br

Ordisi Raluz disse...

Se você aguenta ficar consigo mesmo, então tudo bem, uai. Depois vai treinando aguentar os outros e pronto!

Abrs.

Lino disse...

Paulo:
Você está correto e é paradoxal vermos como, no meio de tanta gente, existem pessoas sós e solitárias