terça-feira, 28 de agosto de 2007

IMAGEM

Antigamente, a imagem que eu tinha de mim mesmo era como a imagem de um espelho, parecia perfeita, porém, era totalmente invertida.
Preocupava-me muito em ser o que "eu pensava" ser a vontade dos outros, não queria desagradar ninguém e sempre acabava me desagradando...
Hoje vivo segundo as minhas verdades sem subserviência, mas também e, principalmente, sem soberba, que é muito pior que a primeira.
Neste mundo consumista em que vivemos, muitos preocupam-se demasiadamente com sua imagem perante os outros, "ter" significa mais do que "ser", as crianças estão aprendendo desde muito cedo a serem consumistas também. Muitos pais por comodismo não impõem limites aos seus filhos, nunca dizem não, compram tudo que eles pedem pensando que com isso vão comprar também o amor deles. A culpa de "não ter tempo" para os filhos se transforma em todos esses "sim"... Depois, ouvimos no noticiário que uma jovem rica que tinha de tudo, do bom e do melhor, planeja e ajuda a executar a morte dos próprios pais...

10 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

Verdade meu amigo, essa imagem invertida ainda é vista por esses pais ausentes e mercadores de amor, trocam presença e responsabilidade por prendas materiais e falta de limites, o resultado taí...pessoas sem noção de valores éticos e morais.
Enquanto o ser humano viver se preocupando com a opinião alheia o desastre se torna calamidade.
lindo dia
beijos

luma disse...

Tem gente que vive de aparências, vive para se mostrar para os outros. Essas pessoas vazias, não poderiam ter filhos. O que poderiam ofertar além do material para esses filhos?
Acredito na essência de cada um, mas se é para arrumarmos culpados, vamos culpar a geração paz e amor, que com tanta curtição e liberdade, abriram as portas para males que circulam em nossa sociedade.
Lógico que estou generalizando!!
Beijus

Lizzie disse...

Que engraçado, postei sobre algo bem parecido estes dias!E sinceramente, penso da mesma forma. É incrível como nos sentimos espelhos [ e às vezes, refletindo a imagem errada],o tempo todo.
Beijão

Mary disse...

Meu querido amigo você publicou uma super verdade e até acredito que daqui para frente isto vai ficar pior(Deus quira que não)mais é o que tudo indica...
Beijoss

Pedro Pan disse...

, e tudo vai se complicando. há ainda pessoas que tentam comprar outras...
, abraços meus.

Márcia(clarinha) disse...

Quer dizer que acorda no meio da noite para rabiscar? Uau! Bem vindo ao clube, rsss
lindo dia
beijos

Pensamentos Ocultos disse...

Esse texto é tão verdade ! O Nosso Mundo Consumista ! Não importa o que a pessoa é por dentro, mas sim o que ela tem vestida, ou se tem um carro e uma casa de luxo !

Um abraço, amigo !

Ordisi Raluz disse...

De retorno passo para deixar um abraço.

Se achamos tempo também para um gesto simples como este, o que dizer sobre não fazê-lo para criar um filho?

Márcia(clarinha) disse...

Boa semana meu amigo,beijos

Lino disse...

Paulo:
Ser e muito mais importante do que ter. O consumo está nos fazendo de escravos e nos impondo comportamentos que não deveríamos ter.