domingo, 24 de agosto de 2008

Pequim 2008

...E o menino assistiu alucinado aquele homem nadar como um golfinho e ganhar 8 medalhas de ouro!
_ Ele mora no fundo do mar? perguntou à sua mãe. Não meu filho, respondeu ingênua, ele é assim como nós, ele é um ser humano normal...
_E esse negro gigante que brinca de correr e quase voa! e chega na frente de todos e desacelera e ainda assim supera o recorde mundial!?
_E essa mulher que salta mais de 5 metros apoiada nessa vara flexível?
A mãe olhou para o filho e disse: _Eles são pessoas especiais, com habilidades especiais, a maioria de nós não conseguiria chegar a este nível, mas devemos nos esforçar para descobrirmos nossos dons e tentar sempre fazer o melhor que pudermos...

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Faz tempo!...

Já faz seis anos que o Brasil foi penta!
Já faz dois anos que eu fiz quarenta!
Agora, pra quem pensa que sou daqueles que tenta, tenta, cansa, e depois senta... eu digo:
Apesar do tempo decorrido, estou bem, tenho corrido quarenta quilômetros por semana! Se bem que, minha mãe sempre me disse que esse negócio de correr não me levaria a lugar nenhum... É verdade... talvez eu devesse deixar de correr no Parque... é que lá eu corro em círculos... assim é difícil mesmo chegar a algum lugar.
É lógico que minha mãe nunca me disse aquilo, logo ela, que aos 75 anos, faz ginástica e yoga!
A maturidade nos ensina que às vezes é bom correr e às vezes é melhor ainda ir bem devagar.
A maturidade nos ensina que é bom investir no nosso marketing pessoal...