domingo, 22 de março de 2009

SEM SAÚDE

Sem saúde não sou nada
Sem saúde não sou bom
Sem saúde não sou mau
Sem saúde não leio
Sem saúde não escrevo
Sem saúde minha cara é pálida
Sem saúde meu corpo é estático
Sem saúde não faço amor
Sem saúde só sinto a dor
Sem saúde nada tem graça
Sem saúde o tempo não passa
Deus, por favor, dê saúde a mim e aos meus

quinta-feira, 5 de março de 2009

08 de Março - Dia Internacional da Mulher

Caros leitores, pra quem ainda não sabe, eu escrevo também acrósticos no blog: http://acrosticomania.zip.net/ . Os textos a seguir são uma coletânea de homenagens à mulher que escrevi no acrosticomania. Tem um acróstico inédito de "MULHER" lá.

Mulher, tu és, de Deus, a mais bela criação
Quanta força!..., quanta delicadeza!..., contradição
De muitos homens, a salvação, de outros, a perdição
Deus nos criou sem alvoroço
Na paz celestial
O homem é o esboço
A mulher é a arte final

Mãe, amante, amiga: fortaleza
Unidade da família: riqueza
Luz que traduz todo amor, toda beleza
Homem eternamente apaixonado...
Escolheu viver a mortalidade ao seu lado
Repleto de felicidade ao ser, por você, amado

ROSA
Composição: Pixinguinha e Otávio de Souza

"Tu és, divina e graciosa
Estátua majestosa do amor
Por Deus esculturada
E formada com ardor
Da alma da mais linda flor
De mais ativo olor
Que na vida é preferida pelo beija-flor...
És láctea estrela
És mãe da realeza
És tudo enfim que tem de belo
Em todo resplendor da santa natureza"...

Rara beleza... És tu, Mulher...
Oh flor... deixe-me sentir teu suave olor...
Se tu me quiseres... algum dia qualquer...
Abdico de tudo só para ser o teu amor

Este ano, novamente, o @crosticomania tem o prazer de homenagear as Mulheres que no próximo 08 de março comemoram seu Dia Internacional. Esta maravilha cuja receita está guardada a sete chaves por Deus. Esta receita aí, apresentada em forma de acróstico, é só uma brincadeira minha.

Meio quilo de razão, dez de emoção
Uma pitada de certeza, uma colher de contradição
Lágrimas a gosto; Isto posto:
Homem! Nunca bata! Pra amaciar a massa, basta carinho
Enquanto ferve... mexa devagarinho
Retire do forno com cuidado pra não estragar o pãozinho